São Casimiro

casimiro

Casimiro, cujo nome significa “grande no comandar”, foi proclamado padroeiro da juventude. Casimiro era filho do rei da Polônia, nasceu com o título de grão-duque da Lituânia, sua terra natal, em 1458. De família real e Católica, Casimiro podia se envolver em confusões politicas, por isso renunciou o direito ao trono. Seus pais, a rainha Isabel de Asburgo e Casimiro IV, rei da Polônia, tiveram treze filhos, dos quais doze foram reis.

Livremente optou pelo celibato e com a ajuda da mãe começou a receber forte educação espiritual. Chegou mesmo a fragilizar a saúde por causa de muitos jejuns e penitência.

São Casimiro, com apenas dezessete anos e debilitado pelo excesso de penitência, começou a ajudar o pai no governo da Lituânia, usando sempre a força da oração, prudência e seu amor profundo ao Santíssimo Sacramento e a Nossa Senhora.

Casimiro foi um servidor diligente de seu Estado, mas não se deixou levar pela ambição do poder. Era um jovem muito admirado pela sua beleza, porém tinha o ideal ascético da pureza. Era devoto de Nossa Senhora e a ela consagrou-se. Estava sempre atento em divulgar as virtudes de Maria e a festejar solenemente as festas marianas.

Admirado pelos súditos e amado pelo povo, Casimiro foi vítima de tuberculose que lhe trouxe a morte em 1484. Casimiro morreu aos 25 anos e todo o povo polonês já o venerava como santo. Em 1521 foi canonizado e declarado padroeiro da Polônia e da Lituânia pelo Papa Leão X.

Ninguém, no entanto, jamais esquecerá a sua caridade, a sua humildade e a sua simplicidade. Nem tampouco a seriedade diante dos sacrifícios da vida. Valeu a pena ter renunciado às coisas imperiais para ser cristão e santo!

Colaboração: Padre Evaldo César de Souza, CSsR

 REFLEXÃO São Casimiro soube pedir a Deus a graça da perseverança. Sua saúde frágil e a intensidade de penitências levaram-no cedo para a Casa do Pai, mas o pouco tempo de vida foi suficiente para que ele testemunhasse com convicção o amor de Deus pelo ser humano. Todos nós precisamos da graça de Deus para manter nossa fidelidade ao evangelho. Confiando somente nas nossas forças nós não somos capazes de seguir radicalmente Jesus Cristo. Por isso, imploremos sempre que Deus nos cumule de graças e seja generoso conosco.

ORAÇÃO São Casimiro, vós que tivestes tudo para reinar soberanamente e usufruir do que desejásseis, preferistes o caminho da santidade. Quanto vos louvo por essa vossa escolha cheia de sabedoria ante a efemeridade desta vida. Dai aos jovens do mundo inteiro, por vossa intercessão junto a Jesus Cristo e a Santa Mãe dos Céus, o despertar das mais santas vocações sacerdotais. Amém!